PINTO LISBOA: “O MOMENTO ELEITORAL NÃO É O ADEQUADO PARA O ACIONISTA TOMAR DECISÕES”

Comunicado enviado à imprensa.

pinto-lisboa-2-1024×538

Miguel Pinto Lisboa reagiu, na tarde desta segunda-feira, às declarações de Mário Ferreira, acionista maioritário da SAD vitoriana, onde este afirma não estar disposto a vender as suas ações.

Através de um curto comunicado enviado às redações, Pinto Lisboa diz que “o momento eleitoral não é o adequado para um acionista tomar decisões sobre um tema tão importante para os vitorianos como a composição acionista da SAD” e que “qualquer decisão sobre esse tema, deverá ser tomada apenas depois do ato eleitoral, e sobretudo, apenas depois de conhecer o plano estratégico da direção que então estiver em funções”.

O líder da Lista B afirma que, em caso de vitória nas eleições de 20 de julho, será apresentado o plano estratégico aos acionistas da SAD, para que possam decidir se querem comprometer-se com este. “Em alternativa estudaremos em conjunto as opções para que o Vitória Sport Clube possa reassumir posição maioritária na SAD, descartando qualquer situação de conflito ou diferendo entre o Vitória Sport Clube e os acionistas da Vitória Sport Clube, Futebol SAD”, conclui Pinto Lisboa.

Atualizado às 14h56.

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES