Plataforma Guimarães Proximcity arranca esta sexta-feira

A partir das 12h00 desta sexta-feira, dia 04 de dezembro, a plataforma Guimarães Proximcity fica disponível para os utilizadores, já com 120 empresas aderentes, e 190 pré-registos, de “diferentes setores de atividade”.

Ricardo Costa, vereador responsável pelo Desenvolvimento Económico do Município garantia ontem, em reunião de Câmara, que esta significará “uma porta aberta para o futuro”. O vereador acrescenta que “a pandemia veio acelerar o processo de transformação digital das empresas e é importante que Guimarães saia na linha da frente.”

A plataforma, cuja ideia foi lançada em novembro de 2019 por Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal, como o “Quiosque eletrónico de Guimarães” permitirá aos utilizadores comprarem nas lojas de comércio tradicional de todo o concelho de Guimarães e também nos restaurantes aderentes. A utilização da plataforma será gratuita durante “pelo menos um ano, sendo alvo de uma avaliação posterior a manutenção da sua gratuitidade.” Referiu Ricardo Costa.




De modo a fomentar a utilização desta plataforma de comércio eletrónico, a Guimarães Proximcity atribui, nesta fase de lançamento, vouchers aos primeiros 2600 utilizadores que se registem, o que pode ser feitos através da aplicação disponível para download para os sistemas operativos Android e iOS. Cada um dos utilizadores receberá um voucher no valor de 15 euros que podem ser descontados em compras nos estabelecimentos aderentes, até 31 de dezembro de 2020. 

Numa altura em que grande parte dos vimaranenses, em resultado do agravamento das restrições impostas pelo número casos de Covid-19 no concelho, opta também pelo serviço de entrega de refeições ao domicílio, a Câmara Municipal apoiará os restaurantes e empresas similares, aderentes à plataforma Guimarães Proximcity, nos custos da gestão operacional e contabilística, pagamentos e relatórios de atividades dos pedidos de entrega.

“Este é um apoio para o presente, que beneficia todo o comércio e restauração do concelho”

domingos bragança, presidente da CMG

A estes apoios, no valor de 80 mil euros, somam-se cerca de 70 mil euros com as despesas de criação e manutenção da plataforma Guimarães Proximcity e também com a comunicação que será potenciada no decorrer deste primeiro ano. “Este é um apoio para o presente, que beneficia todo o comércio e restauração do concelho, e que é decisivo para que a plataforma de vendas online tenha sucesso nesta fase inicial”, disse Domingos Bragança.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?