Polémica na tomada de posse em Souto Santa Maria, Souto S. Salvador e Gondomar

A eleição da Mesa da Assembleia de Freguesia, da União das Freguesias de Souto Santa Maria, Souto S. Salvador e Gondomar, está envolta em polémica, e só deverá ser esclarecida em tribunal.

© Direitos Reservados

Na sessão de tomada de posse, realizada esta segunda-feira, dia 18, a lista para a Mesa da Assembleia apresentada pela Coligação Juntos Por Guimarães, liderada por Ana Cláudia Ribeiro, acabou por sair vencedora na votação, com cinco votos a favor e quatro contra. Ora, nesta União de Freguesias, o Partido Socialista venceu as eleições a 26 de setembro, com 52,45% dos votos e tudo levava a crer que a votação acompanhasse o resultado eleitoral.

O espanto na sala aconteceu quando, segundo Eduardo Fernandes, que encabeçou a lista da Coligação Juntos por Guimarães no ato eleitoral, Fernando Cardoso, eleito presidente da Junta de Freguesia, anunciou, “por duas vezes”, que a Lista B (da coligação JpG) tinha vencido a votação.

Para Eduardo Fernandes, o anúncio do resultado foi “mal recebido” pelo Partido Socialista que alegou um “erro” e partiu para uma repetição do ato. O candidato fala ainda de um “ambiente intimidatório” para com o elemento da lista do PS que teria votado na Coligação.

Não concordando com essa repetição, os elementos da lista da coligação, não só não participaram na segunda votação, como solicitaram a presença de elementos da GNR que, no local, fizeram a apreensão dos boletins de voto.

Eduardo Fernandes afirma que esta segunda votação está “ferida de ilegalidade” e, por isso, o caso deverá avançar para tribunal.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?