POLÍTICA MUNICIPAL DE TRANSPORTES EM DEBATE NA REUNIÃO QUINZENAL

O aumento de tarifário dos Transportes Urbanos de Guimarães (TUG) e a autoridade municipal de transportes foram dois dos pontos de maior destaque na reunião de câmara de hoje.

António Monteiro de Castro apelou a uma maior preocupação com a falta de transportes públicos nas localidades afastadas do centro, como Souto (Santa Maria) ou Lordelo e o vice-presidente da Autarquia, Amadeu Portilha, explicou que é um processo complexo já que “a rede concessionada de transportes em Guimarães é uma rede que tem uma geografia muito limitada que praticamente se circunscreve à cidade”.

A discussão pautada pelo aumento do tarifário dos transportes e possível injeção de investimento por parte do município culminou com uma justificação do vice-presidente da autarquia, na qual refere que “a rede interurbana de transportes é gerida de acordo com os operadores e é validada depois pelo Instituto de Mobilidade e Transportes de Portugal e, portanto, a Câmara Municipal não tem nenhuma interferência nesse processo”.

Foi adiantada a existência, desde o dia 01 de janeiro, de uma autoridade municipal de transportes que a partir de agora “tem total legitimidade para intervir em todo o território concelhio, respeitando os contratos estabelecidos”, acrescentou o vereador Amadeu Portilha.

Saiba mais na edição impressa do Mais Guimarães da próxima terça-feira.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?