PONTAPÉS NA CIÊNCIA, UMA VERGONHA NACIONAL

por Carlos Guimarães

Médico

Gosto de futebol e de desporto em geral. Gosto de ganhar, não gosto de perder (sou escorpião), abomino a estupidez humana. Seria tão bom que o futebol se limitasse em ser apenas desporto, espetáculo e nada mais que isso. O futebol reina acima de todos os desportos juntos e de tudo em geral. É assim, e não vai mudar. Qualquer golo de CR7 tem mais impacto na sociedade e no mediatismo do que a notoriedade da produção científica nacional. O leitor que faça o exercício de comparação!

É habitual ouvir os nossos sábios comentadores de TV e os nossos políticos afirmarem que somos um povo e um pais notável, do melhor que o planeta pode sustentar. Por muito esforço que eu faça não consigo alinhar nessa conversa da treta. Somos como somos, para o bem e para o mal, mas perdoem-me os que se acham cheios de fibra e determinação e os que se possam sentir ofendidos, na verdade somos um bando de mansos e amamo-nos uns aos outros. E NÃO SOMOS TODOS CENTENO. EU NÃO SOU.

Na freguesia de Barco, entre campos verdejantes, margaridas, papoilas, malmequeres e vacas felizes, encontra-se sedeado um grupo de investigação científica ligado à Universidade do Minho chamado 3Bs, reside no Avepark. É considerado a nível mundial como sendo um dos melhores Centros de Investigação científica da sua área. O seu genoma inclui cientistas de várias partes do mundo e  é liderado pelo Prof. Rui Reis, um tuga genial, um cidadão honorário de Guimarães. Um homem que reúne em si um José Mourinho e um CR7, uma vez que é um líder e estratega sem paralelo e dentro do campo faz jogadas brilhantes e marca golos que se farta. Provavelmente já bateu todos os records. É muito mais vasto o seu reconhecimento internacional do que a nível interno. Não ganha Bolas de Ouro, não tem um busto desfigurado num aeroporto, mas é consecutivamente premiado nos vários cantos do mundo. Se o Centro de Investigação que desenvolveu fosse plantado em Lisboa ou noutra qualquer capital da Europa ou do mundo, provavelmente já teríamos ouvido falar mais dele, mas os génios pugnam pela diferença, talvez por isso tenha escolhido esta aldeia de Guimarães, este Minho rural que para os senhores de Lisboa é uma terra enfadonha onde as pessoas trocam os V pelos B e usam o calão como fazendo parte da linguagem. O  3Bs atrai e exporta cientistas para todo o mundo, numa afirmação de mérito, de trabalho, inteligência e competência, fugindo ao modelo bem conhecido da traficância de influências e lambecusismo que bem conhecemos e onde pontificam vários abetardas que ostentam falsos canudos e medalhas de ouro após construírem nada atrás de cocó (para ser simpático com as palavras).

Em março deste ano, Rui Reis recebeu o Prémio Internacional UNESCO de Investigação em Ciências da Vida 2017. Aconteceu em Malabo, na Guiné Equatorial. O encontro reuniu Chefes de Estado, Primeiros-Ministros, múltiplos embaixadores e grandes delegações nacionais, além do diretor-geral da UNESCO. Foi aplaudido por todos e entre todos não havia UM representante nacional. Nada, ZERO. Nem uma selfie com o Prof. Marcelo, nem o embaixador de Portugal naquele país ou qualquer outro representante da embaixada. Temos de compreender que a proximidade da Páscoa exilou o corpo diplomático para Portugal a fim de matar saudades do pão de ló!… Este é um exemplo triste  da importância da ciência que se produz aqui ao lado e que é ignorada a nível nacional, mas quando um qualquer cientista estrangeiro vem a Lisboa receber o prémio Champalimaud, há sempre um espaço nas televisões e na agenda dos nossos políticos para que o possam aplaudir e comentar. Não me venham com esse discurso asqueroso de que temos de criar condições para voltar a atrair os cérebros que fugiram para o estrangeiro, conheço um, foi atraído para ministro da educação e bem podia ter ficado por lá.

Mete nojo e vómitos. Uma vergonha.

 

2 Comentários
  1. Domingos Guimarães 6 meses atrás

    Completamente de acordo Dr. Carlos Guimarães.
    É uma vergonha.
    Políticos sem caráter e sem visao, porquê? Porque não dá votos nem dinheiro para desviar.
    Esta semana um atleta de Guimarães de nome Manuel… ganhou a medalha de prata no campeonato do mundo, nenhuma televisão falou do feito, mas hoje Telma Monteiro ganhou a medalha de bronze e todos eles falaram disso. O Dr. Tem razão o Manuel não é de Lisboa.

  2. Paula Neto 6 meses atrás

    É de Nespereira😘meu colega de carteira (escola).
    Parabéns pro Manel!
    E parabéns ao Dr Guimarães!
    Se virarmos Portugal ao contrário Lisboa fica cá em cima😁vamos tentar😉

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?