PROPOSTA “DESPORTO PARA TODOS” FOI REPROVADA

A proposta “Desporto para Todos”, da coligação Juntos Por Guimarães, foi reprovada na reunião de Câmara desta manhã.

O que a proposta pretendia é que a Câmara Municipal se responsabilizasse pelos custos das inscrições dos atletas e clubes nas respetivas federações, incluindo todas as modalidades de formação.

Ricardo Araújo, quis deixar claro que “o senhor presidente da Câmara e o senhor vereador do Desporto, Dr. Domingos Bragança e Dr. Ricardo Costa, votaram contra o pagamento por parte da Câmara, das inscrições federativas por parte dos clubes. Votaram contra o pagamento dos seguros de saúde e dos exames desportivos aos jovens vimaranenses inscritos nas respetivas modalidades e federações”. O vereador referiu que o chumbo da proposta merece “a condenação” da oposição, pois, de acordo com o mesmo, a coligação fez “tudo para que esta proposta não beliscasse o que o PS e a Câmara tem vindo a fazer ao nível do desporto, em Guimarães. A nossa proposta era para adicionar.”

André Coelho Lima sente “pena que o PS não tenha querido aprovar a proposta que aqui apresentamos. Sobretudo, porque sabemos que o Dr. Ricardo Costa tem defendido esta mesma circunstância, ou seja, o pagamento das inscrições federativas, em tudo o que são intervenções em aniversários de clubes desportivos pelo concelho”. O vereador referiu que “o discurso tem que começar a bater com a atuação política, porque senão, ou estamos a mentir às pessoas nessas intervenções, ou então estamos a não atuar em coerência com aquela que é a nossa consciência política”.

Domingos Bragança, referiu ter “muitas dúvidas” em relação à proposta da coligação. “Nós demos para o apoio à formação, no mandato anterior, seis milhões e duzentos mil euros. Peço comparação, com outros concelhos vizinhos, numa área geográfica extensa, que dêem tanto apoio financeiro à formação desportiva nas diversas modalidades”, começou por explicar o edil. “Pagarmos as inscrições federativas estamos a pagar os custos aos jovens que têm recursos e àqueles que não têm. Para o apoio às refeições e transportes escolares fazemos um inquérito sócio-económico, e só assim podemos dar apoio. Quando damos apoios generalizados, e para vários anos – porque se dermos este ano temos que continuar – estamos a dar apoio de uma forma indiferenciada a todos, independentemente da sua condição económica e social”, referiu o autarca. Domingos Bragança esclareceu que “é importante fazer protocolos de cooperação, entre a Câmara Municipal, os clubes e as federações desportivas”, concluiu.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?