PSD de Guimarães reuniu com a ACTG

© Mais Guimarães

O PSD de Guimarães reuniu, através de uma videoconferência, com a Associação do Comércio Tradicional de Guimarães (ACTG). A reunião “serviu para ouvir dos representantes do comércio tradicional as suas preocupações, bem como sugestões que permitam mitigar as consequências de uma paragem quase total das suas actividades empresariais”, refere comunicado de imprensa do partido. Cerca de 400 comerciantes têm os seus negócios no Centro Histórico; no concelho, serão mais de 1400 os pequenos comércios, não incluindo a restauração, estima o PSD de Guimarães.

Recorde-se que os sociais-democratas consideraram “muito incompleto” o plano de recuperação económica aprovado na última reunião da vereação municipal. Para o PSD, o plano de ação é de “médio prazo e não de curto prazo”. Algo que, para o vereador e presidente do PSD de Guimarães, Bruno Fernandes, não terá “impacto no imediato”. “É um plano muito incompleto”, disse, na altura, o social-democrata. “Estamos num momento de salvar vidas, sem dúvida, mas também de salvar empresas. Temos uma crise económica que não vem daqui a uns meses, já está a acontecer, seria mais lógico um plano de intervenção rápida, um plano de emergência” reforçou.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?