PSD queria testes a professores e funcionários antes do começo das aulas

Esta sexta-feira, dia 11 de setembro, os vereadores eleitos pelo PSD de Guimarães, Bruno Fernandes, Hugo Ribeiro e Ricardo Araújo, reuniram com o Presidente da Câmara sobre a abertura do ano escolar. Os responsáveis sociais-democratas quiseram conhecer o plano Municipal para o arranque do novo lectivo no Concelho. Os vereadores do PSD pretendiam que professores e funcionários fossem testados antes de começar o ano letivo.

Bruno Fernandes lembrou a proposta que PSD tinha apresentado à Câmara e que defendia a realização de testes a professores e funcionários do pré-escolar, 1º e 2º ciclo (os níveis de ensino que são da responsbilidade da Câmara). Esta medida foi considerada desnecessária pela maioria socialista.

“Preocupa-nos muito a questão dos transportes, dos almoços e dos auxiliares que vão ter um papel determinante, neste regresso às aulas… este é provavelmente o maior desafio que temos pela frente, nas próximas semanas”, afirmou Bruno Fernandes no final da reunião. “O Município devia, numa atitude pro-ativa ter realizado teste ao covid-19, aos professores e funcionários, pelo menos do primeiro ciclo”, acrescentou o vereador social-democrata.

Os vereadores do PSD acham que esta seria uma forma de começar o ano a “zero”, com a certeza de que naquele momento não haveria pessoas infetadas. Bruno Fernandes afirma que esta seria a forma de evitar o que aconteceu “esta semana, quando uma série de auxiliares de uma escola testaram positivo. Se estes casos não tivessem sido detetados, segunda-feira começavam as aulas com infeções assimtomáticas”, alerta o vereador do PSD. Bruno Fernandes salienta que esta testagem foi o que aconteceu nos lares de idosos e nas IPSS.

O uso de máscara no espaço público “é uma opinião do presidente da Câmara”

Relativamente ao uso de máscara em todos os espaços públicos, como foi sugerido por Domingos Bragança, Bruno Fernandes afirma que se trata de uma “opinião” e lembra que a competência nesta matéria não é da Câmara.”A Direção Geral de Saúde e o Governo é que têm competência nesta matéria. Eu acho que o presidente da Câmara quis foi apelar e sensibilizar a população para que tenha mais cuidado e aí estamos de acordo”, afirma Bruno Fernandes.

“Guimarães tem sido dos concelhos onde tem havido maior foco de infeção e eu acho que eu acho o presidente da Câmara, além dessa, devia ter outras preocupações que evitem as propagação do vírus”, acrescentou o vereador social-democrata.


.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?