Requalificação do antigo mercado das Caldas das Taipas

No âmbito da empreitada em curso, de requalificação do antigo mercado, também o espaço exterior será alvo de beneficiação.

Atendendo ao estudo de avaliação fitossanitária das árvores de Caldas das Taipas efetuado por dois professores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), há a necessidade de substituir algumas árvores no espaço do antigo mercado das Caldas das Taipas.

“As árvores, na maioria catalpas, estão em condição muito frágil pois têm vários problemas associados, nomeadamente a copa muito desequilibrada para um dos lados, danos nos troncos (podridão castanha), cancros, cavidades ou danos graves na casca do tronco”, referiu a junta de freguesia nas redes sociais.

O estudo da UTAD refere que é “um espaço onde existem árvores velhas, mas muito degradadas, devido a rolagens anteriores demasiado intrusivas e não se percebe a coerência na escolha das árvores, atendendo a que o antigo mercado é um espaço relativamente pequeno”.

No projeto de requalificação prevê-se o reforço da área verde, com a introdução de zonas de relva e a plantação de novas árvores para renovar e rejuvenescer o parque arbóreo desse espaço, tornando-o coerente ao nível da composição das espécies e da dimensão das copas.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?