Requalificação do Centro Cívico da Vila das Taipas arranca esta terça-feira

Obra no valor de 4,7 milhões de euros vai reabilitar o centro da vila, com prazo de execução de dois anos. O projeto é da autoria do Centro de Estudos da Escola de Arquitetura da Universidade do Minho.

© Direitos Reservados

O projeto prevê “que a qualidade do novo Centro Cívico da Vila das Taipas deva recuperar a importância do recurso hídrico preexistente, nomeadamente o rio Ave e a Ribeira da Canhota, assim como o seu papel estruturante na caracterização do espaço”, pode ler-se numa publicação no site da Câmara Municipal de Guimarães.

A requalificação do centro das Taipas “apresenta ainda um conjunto de premissas relativas à mobilidade pedonal, à sensibilidade ecológica e ao património. O programa define um centro composto pela configuração de novos espaços com vocação própria que promovem um conjunto de percursos e articulam novas relações entre os equipamentos de proximidade, localizados no próprio centro (Junta de Freguesia, Centro Pastoral, Igreja Matriz, antigo Mercado, Banhos Novos e Velhos) ou numa área de influência mais alargada (Escola Secundária, Feira, Parque das Taipas, rio Ave…)”.

No âmbito desta intervenção, será proibido o trânsito na Avenida Trajano Augusto, a partir desta terça-feira, dia 20 de Outubro, por um período previsto de quatro meses.

Neste período será invertido o sentido único de circulação na Rua Dr. Alfredo Fernandes, adotando o sentido único de circulação norte-sul, perdendo prioridade no entroncamento com a Avenida da República/Rua da Lameira (EN310 desclassificada).Os desvios alternativos serão sinalizados, bem como assegurado o acesso local, designadamente aos moradores.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?