RUI COSTA ASSUMIU O ERRO AO INTERVALO

O árbitro Rui Costa reconheceu aos elementos da comitiva vitoriana presente em Alvalade que avaliou mal o lance entre Rochinha e Acuña, que está na origem do primeiro golo do Sporting. Segundo a edição desta segunda-feira do jornal Record, a confissão surgiu ainda durante o intervalo da partida.

O portuense justificou não ter recorrido às imagens do VAR por a falta de Acuña sobre Rochinha ter sido, alegadamente, cometida fora da área do Sporting. Contudo, dentro ou fora da área, a falta ficou por assinalar, originando depois o primeiro golo dos lisboetas, algo que obrigou Júlio Mendes a intervenção no final da partida. Logo a seguir ao episódio, foram Flávio Meireles, diretor desportivo, e Moreno, membro da equipa técnica, os rostos da revolta, tendo ambos sido expulsos pelo árbitro da partida.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?