SAÍDA DE NUNO FARIA DO CIAJG EM DISCUSSÃO NA REUNIÃO DE CÂMARA

A saída de Nuno Faria, diretor artístico do CIAJG, foi também um dos assuntos abordados no período antes da ordem do dia, na reunião de Câmara que está a decorrer esta quinta-feira, 04 de julho, nos Paços do Concelho.

Ricardo Araújo, vereador da oposição, questionou a autarquia sobre o que está previsto para a substituição de Nuno Faria, sublinhando que a Plataforma das Artes não tem apresentado os melhores resultados, o que leva a coligação a preocupar-se com esta saída do principal responsável pelo CIAJG. Nuno Faria será o novo diretor de um museu no Porto, mas para já irá continuar em Guimarães. “Ainda não saiu e vai acompanhar o CIAJG até ao final de 2019”, adiantou Adelina Paula Pinto.

O vereador do PSD afirmou ainda que há um desnorte na Plataforma das Artes. “É preciso fazer uma reflexão sobre o futuro da Plataforma e é preciso substituir um diretor por outro diretor. Sinceramente, esta opção do deixar andar leva-me a concluir que há algum desnorte”, mencionou, também acerca do concurso aberto para um assistente de direção.

A vereadora da Cultura discordou. “Desnorte não, de todo. É um equipamento que nos custa muito dinheiro e era uma irresponsabilidade da minha parte haver um desnorte”, disse, acrescentando que “nunca houve um comunicado de que alguém iria sair”. “Não notou até hoje que o diretor artístico vai sair. Este é um tempo de reflexão e temos feito muitas reuniões internas. Estamos a fazer imensas coisas, apenas não são publicadas”, afirmou.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?