São Cristóvão vai expor ao Conselho de Disciplina factos ocorridos no jogo frente ao Urgeses

Recorde que o jogo ficou marcado pela interrupção da partida, durante 15 minutos, após confusão no relvado entre jogadores e entre adeptos na bancada.

sao-cristovao-Barra-+G-10-anos

O Grupo Desportivo São Cristóvão pronunciou-se sobre o ocorrido no passado sábado, dia 18 de março, no jogo entre os Amigos de Urgeses e o São Cristóvão, a contar para a 19.ª jornada da 1.ª Divisão de Seniores da Associação de Futebol de Braga.

© Mais Guimarães

O São Cristóvão expressa “a reprovação” relativamente aos atos ocorridos, “que em nada dignificam o espetáculo desportivo que é o futebol”. Recorde que o jogo ficou marcado pela interrupção da partida, durante 15 minutos, após confusão no relvado entre jogadores e entre adeptos na bancada.

Após o segundo golo da equipa da casa, houve festejos junto da bancada afeta aos adeptos do São Cristóvão. A PSP tentou travar os incidentes, mas foi necessário chamar reforço policial para acalmar os ânimos.

O clube visitante, na pessoa do seu presidente, Rui Machado, “vai tomar as devidas diligências através de uma exposição ao Conselho de Disciplina da AF Braga sobre todos os factos ocorridos naquele evento desportivo”.

Condenam ainda episódios do Urgeses “que em nada dignificam o desporto e os valores que o GD São Cristóvão pretende implementar no desporto”.

De acordo com a direção do clube de Selho, “o valor máximo do bilhete permitido por lei na 1ª. Divisão de Seniores da AF Braga, para uma bancada, é de 3,00€” e a equipa da casa “não cumpriu o regulamento e cobrou de entrada aos nossos adeptos o valor de 3,50€”.

Durante grande parte do encontro, contam, os atletas e adeptos “foram constantemente alvo de provocações por parte de agentes desportivos do GDR Amigos de Urgeses originando os momentos infelizes que se sucederam dentro e fora do campo”.

“Naquilo que deveria ser uma festa e uma prática desportiva de evolução de atletas, encontramo-nos totalmente solidários para com o nosso atleta Rui Filipe Pinheiro Alves, Lipinho, que foi abruptamente agredido por elementos ligados à estrutura do clube adversário”, frisam ainda.

Reconhecendo “que estes comportamentos não se enquadram na forma com que estes adeptos e restante estrutura estão no futebol” terminam reforçando “que estes atos lamentáveis apenas vêm desviar a atenção do que realmente importa”.

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES