Sunset Praça: Um evento “dos 06 aos 60” que quer pintar a cidade de branco

É já este sábado, 02 de julho, que acontece o Sunset Praça. Este ano, o evento traz novidades, quer ao nível da programação, quer ao nível da sua localização. O dress code sugerido é a cor branca.

© Direitos Reservados

A sessão de apresentação decorreu esta tarde de quarta-feira e contou com aa presença de Paulo Lopes da Silva, vereador da Cultura na Câmara Municipal de Guimarães, Pedro Oliveira, diretor artístico do evento, e José Diogo Silva, presidente da Associação Vimaranense de Hotelaria, entidade organizadora do certame.

O Sunset Praça surge como uma continuação do evento que surgiu em 2013, mas este ano o objetivo é torná-lo numa referência a nível regional.

O evento arranca pelas 17h00, na Praça S. Tiago, com a Late Night Jam Crew. Com uma pausa entre as 19h00 e as 20h00, a animação musical continua no Largo do Toural, local onde estão reservadas as atuações do DJ Fifty, Toque Social, Ricardo Reis e MC Mano, Ragazzinos, Biggie DJ e Geração Spectrum, até às 02h00. O after-party acontece no São Mamede CAE com os Meninos do Rio e Francisco Fonseca.

“O intuito do evento será promover os estabelecimentos associados e também o dinamismo artístico da cidade. Estamos muito gratos pelas parcerias que encetamos para o poder concretizar”, referiu o presidente da Associação Vimaranense de Hotelaria.

Destacando que o Sunset Praça é uma festa que “tenta agradar a todas as faixas etárias da cidade, dos 06 aos 60”, Pedro Oliveira explica que a programação reflete essa mesma abrangência. “Começamos com uma Jam Session que inclui todos os músicos que queiram participar da cidade, é um palco livre”, começou por explicar, relembrando a grande novidade deste ano que é a concretização do evento no Largo do Toural, onde poderá ser ouvida música dos anos 80 e 90, música brasileira, RBn’B, música do mundo, entre outros estilos.

Depois da dimensão alcançada pelo evento em 2019, surgiu o desafio de “perceber para onde poderia caminhar o evento e que dimensão poderia atingir”. “A ideia é que o evento pudesse passar do sunset, desse momento de final de tarde nas praças do centro histórico, para uma festa de grande público que pudesse acontecer no Largo do Toural”, referiu Paulo Lopes Silva.

“Aquilo que se pretende este ano é tornar esta uma festa de todos os públicos que funcione para a dinamização do centro da cidade, a valorização de Guimarães enquanto marca de organização de grandes eventos e também a captação de outros públicos, seja do ponto de vista regional, nacional ou até além-fronteiras”, finalizou o vereador da Cultura.

Durante o evento, será cortado o trânsito automóvel no Largo do Toural para que todo o espaço possa ser pedonável.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?