+

“Guimarães Allegro”: música erudita está de volta ao Centro Histórico