+

Grupo de 15 a 20 pessoas invade Hospital de Famalicão e agride equipa médica e de segurança