TAXA DE DESEMPREGO EM GUIMARÃES DESCEU DE 7,2 PARA 6,6%

O Instituto do Emprego e Formação Profissional revelou que, em junho de 2018, havia 5.376 vimaranenses inscritos no Centro de Emprego. Este número corresponde a 6,6% da população ativa em Guimarães, o que, comparando com o mês de maio, verifica-se uma descida de 469 pessoas (5.845 no quinto mês do ano).

As mulheres continuam a estar em maioria, no número de desempregados em Guimarães. No total são 3.026, contra 2.350 homens, o que corresponde a uma diferença de 676 pessoas. No que toca ao tempo de inscrição, os números são semelhantes. 2.860 das pessoas inscritas no Centro de Emprego de Guimarães, encontram-se nesta situação há menos de um ano, enquanto as outras 2.516, estão no desemprego há um ou mais anos. Dos 5.376 desempregados, apenas 419 estão à procura do primeiro emprego. No entanto, 4.957 encontram-se à procura de uma nova oportunidade ou de uma mudança de vida.

O desemprego em Guimarães tem vindo a diminuir gradualmente, apresentando cada vez melhores resultados. Em comparação com maio do ano transato, em que se contavam 7.231 desempregados, Guimarães reduziu 1.855 desempregados. A nível nacional, a taxa de desemprego desceu para os 6,7%, um valor inferior ao mês de maio (7%), segundo a estimativa provisória divulgada na segunda-feira, 30 de julho, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Para encontrar um número número mais baixo, é preciso recuar a setembro de 2002, onde a taxa estava nos 6,5.

O cálculo da taxa de desemprego é feito com base nos dados facultados pelo IEFP, em conjunto com os dados da Câmara Municipal, nomeadamente, a população ativa. De referir que, o valor que está no sítio do município, 81.191, é o valor recolhido nos censos de 2011, que poderá estar desatualizado.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?