TAXAS DOS IMPOSTOS PARA 2019 APROVADAS PELA MAIORIA SOCIALISTA

A maioria socialista aprovou na reunião de Câmara as taxas para os impostos a fixar no próximo ano de 2019. Os vereadores da oposição votaram contra, argumentando terem propostas diferentes para os vários casos.

A taxa do IMI em Guimarães vai manter-se nos 0.35% em 2019, valor abaixo do máximo fixado por lei. De acordo com Domingos Bragança, esta opção faz com que o município esteja a “prescindir de 08 milhões de euros em IMI”. “Do ponto de vista do IMI isentamos o centro histórico e a verdade é que a receita de 2018 em relação a 2017 desceu”, explicou o presidente do executivo. André Coelho Lima explicou que a oposição iria votar contra, salientando que na sua campanha para as eleições apresentaram propostas diferentes: “No IMI apresentamos uma proposta de redução de 10%, para os 0.315%, com uma receita de 17 milhões de euros, que era a que havia no início do mandato anterior. Hoje, estamos nos 18.5 milhões”.

No que diz respeito à derrama, a taxa vai fixar-se nos 1.5% para as empresas com volume de negócio superior a 150 mil euros e nos 1% para as empresas com volume de negócios até esse valor. “Sobre a derrama, nós pretendemos sempre beneficiar as empresas mais pequenas. Nós optamos pela política de incentivos às empresas para que permitam uma política de crescimento. Nós apoiamos as empresas para que gerem emprego”, referiu Domingos Bragança. Também aqui a oposição revelou propostas divergentes: “Nós entendemos que a derrama deveria ser transversal, fixa nos 1.2%, e que não diferenciasse o volume de negócios”, admitiu André Coelho Lima.

Já a taxa de participação do município no IRS irá fixar-se nos 5%.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?