“Teremos de descer os infetados para menos de dois mil até à Páscoa”

Marcelo Rebelo de Sousa faz uma comunicação ao país no dia em que o Parlamento aprovou a renovação do estado de emergência até 1 de março.

No seu discurso, o Presidente da República revela que “temos de sair da primavera sem mais um verão e outono ameaçados. Temos de assegurar que a Páscoa não será o regresso ao que vivemos estas semanas”.

Marcelo Rebelo de Sousa iniciou o seu discurso lembrando que estas semanas “foram difíceis mas terminaram melhor do que tinham começado”. “Foram dias pesados para todos, dramáticos para bastantes”, enfatizou.

O Chefe de Estado aproveitou para relembrar a questão da vacinação indevida, salientando que “os portugueses compreenderam que os responsáveis pelos desvios por favoritismo de vacinas iam ser exemplarmente punidos”.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?