Transferência de alunos para o antigo Colégio Egas Moniz com custo de 12 mil euros por mês

O transporte dos alunos entre S. Torcato e o antigo Colégio Egas Moniz deverá ser feito através de um autocarro específico para o efeito.

sao-torcato-10-anos

Durante as obras de requalificação, a comunidade escolar da EB 2,3 de S. Torcato vai passar para o antigo Colégio Egas Moniz já no terceiro período do ano lectivo.

© Direitos Reservados

O contrato de arrendamento entre o município de Guimarães e a sociedade Pinto Brasil Imobiliária, Lda, é de 12 mil euros por mês e foi aprovado na reunião do executivo municipal desta quinta-feira. Com a duração prevista de dois anos, poderá ser prorrogado por mais alguns meses caso as obras não fiquem concluídas dentro do prazo previsto.

Aos jornalistas, após a reunião do executivo municipal, Domingos Bragança explicou que o valor fixado para a renda foi definido com recurso a um técnico avaliador.

“Não havendo na vila de S. Torcato uma escola que pudesse alocar todos os alunos, tivemos que encontrar outra solução”, afirmou o autarca.

A primeira opção do município eram as instalações do Verbo Divino. No entanto, a direção “não manifestou nenhuma vontade em alugar à Câmara” uma vez que tinha “outros legítimos interesses e projetos para a ocupação do edifício”, justificou o edil vimaranense. O transporte dos alunos entre S. Torcato e o antigo Colégio Egas Moniz deverá ser feito através de um autocarro específico para o efeito.

“Vamos ter uma escola nova para S. Torcato e não um remedeio como estava previsto. Sinto-me satisfeito porque mais vale fazer bem, apesar de demorar mais tempo”, reiterou.

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES