TRIBUNAL DE GUIMARÃES CONDENOU PEDÓFILO A 19 ANOS DE PRISÃO

O Tribunal Judicial de Guimarães condenou, esta terça-feira, dia 11, a 19 anos de prisão um homem que abusou sexualmente de seis crianças na sua residência, em Vila Nova de Famalicão. Foi condenado por 32 crimes de abuso sexual de criança agravado, dois de violação agravada, dois de coação agravada e um de pornografia de menores.

O homem terá ainda de pagar às vítimas indemnizações num valor global superior a 141 mil euros, segundo o acórdão a que Lusa teve acesso.

As vítimas são rapazes com idades a partir dos nove anos e todos com menos de 14, que o arguido, de 29 anos, convidava para irem a sua casa. Os abusos ocorreram entre 2012 e 2018.

Moravam num bairro social e eram vizinhos do arguido, que os aliciava para irem a sua casa alegadamente para jogar no computador ou fazer musculação.

A maioria dos abusos terá sido consumada na casa do arguido, mas há também registo de um caso ocorrido numa bouça, para onde um rapaz terá sido atraído alegadamente para fumar um cigarro.

O arguido foi detido em março de 2018 pela Polícia Judiciária (PJ), após uma investigação que teve origem na denúncia de uma das vítimas. Na altura, em comunicado, a PJ referia que os abusos já decorreriam há mais de quatro anos.

O detido, sem ocupação laboral, aguardou julgamento em prisão preventiva, a mais gravosa das medidas de coação.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?