Tribunal decretou a insolvência da António Almeida & Filhos

O Tribunal de Guimarães decretou, na terça-feira, dia 14, a insolvência da empresa têxtil António Almeida & Filhos (AAF).

A AAF faz parte do grupo MoreTextile que apresentou recentemente à insolvência a Coelima.

Além da AFF, a MoreTextile apresentou também à insolvência a “Moretextile Imobiliária Sa”, que tem 25 trabalhadores, a “Moretextile Serviços Partilhados”, e a “Morecoger-Energia,Sa”, que tem três trabalhadores. .

Bruno Pereira é o administrador de insolvência da AAF, nomeado pelo Tribunal de Comércio de Guimarães. O Tribunal declarou insolvente a empresa têxtil, com 65 anos e 190 trabalhadores, com sede em Moreira de Cónegos.

A Assembleia de Credores está marcada para o dia 27 de Agosto, às 11h00. Após a publicação do anúncio, correrá um prazo para todos os credores reclamarem créditos, incluindo os trabalhadores.

Com esta insolvência, a Moretextil vende a última empresa têxtil do grupo, depois da falência da Coelima e da venda da JMA Felpos. O Grupo Moretextil foi criado em 2011 e tornou-se de imediato o maior grupo têxtil nacional.

É detido pelo Fundo de Resolução, gerido pela empresa de capitais de risco ECS Capital, com participação dos bancos BCP (27%), Novo Banco (27%), Caixa Geral de Depósitos (18,6%), BPI (12%) e pelo Estado através da Direção-Geral do Tesouro (6,2%).

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?