TUMORES ESTÃO ENTRE AS PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTE ENTRE RESIDENTES NO CONCELHO

301 pessoas faleceram em Guimarães com tumores malignos. Os dados foram apresentados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), na sexta-feira, 22, e referem-se ao ano de 2017.

196 homens e 105 mulheres, residentes no concelho de Guimarães, foram vítimas de tumores malignos ao longo do ano de 2017. No total, e tendo em conta o panorama nacional, faleceram 27.434 mil pessoas com a doença.

Os números de Guimarães estão abaixo dos registados em concelhos vizinhos, como Vila Nova de Famalicão e Braga, onde faleceram, pelo mesmo motivo, 330 e 368 respetivamente.

Ainda assim, esta foi uma das principais causas de morte no concelho vimaranense no ano analisado. Para além destas 301 vítimas, 308 faleceram também com tumores, embora não fossem caraterizados como malignos.

Já o valor mais elevado de vítimas mortais foi registado com as doenças do aparelho circulatório, sendo que aqui foram mais as mulheres do que os homens a falecerem. No total, contabilizaram-se 166 indivíduos do sexo masculino e 177 do sexo feminino.

Leia o artigo na íntegra na edição desta semana do Mais Guimarães.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?