VICTOR HUGO PONTES ABRE GUIDANCE 2019 COM ESTREIA ABSOLUTA DE “DRAMA”

 

A nona edição do Guidance arranca da melhor forma. Victor Hugo Pontes, vimaranense, abre o festival de dança contemporânea de Guimarães com “Drama”, uma estreia absoluta.

O coreógrafo em destaque da edição de 2019 explicou que a sua criação tem como ponto de partida uma peça dramatúrgica de Pirandello, em que o artista retira as palavras e deixa transparecer as emoções pela dança.

“São seis personagens à procura de um autor, e o que acontece no texto de Pirandello é: está a acontecer um ensaio de teatro e é interrompido porque chegam seis personagens, que estão à procura de alguém que encene o drama deles. Começam a contar o drama e a própria forma de o contar faz o próprio espetáculo. O que faço aqui é tirar as palavras do Pirandello, mas a cronologia, os personagens estão lá”, apontou.

Na falta de resposta à pergunta “a arte imita a vida, ou a vida imita a arte?”, “Drama” é uma espécie de ponte entre o teatro e a dança. “É a dança das emoções. É acompanhada por muita ficção e é uma dança de personagens. Às vezes, na dança contemporânea, estamos habituados a ver a dança dos intérpretes, que sai acima de tudo. Aqui não. Estão a interpretar um personagem”, sublinhou Victor Hugo Pontes.

“Drama” abre o Guidance 2019 já esta quinta-feira, dia 07 de fevereiro, pelas 21h30, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?