Vitória corajoso travou com classe o líder Benfica

Foto VSC (arquivo)

O Vitória empatou a zero na receção ao Benfica, nesta noite de sábado, em partida referente à oitava jornada da Liga. Os conquistadores foram destemidos, apresentaram qualidade e alma, numa partida na qual o árbitro Rui Costa fez vista grossa a uma grande penalidade.

Com uma exibição personalizada, o Vitória esteve por cima do líder que, no primeiro tempo, pouco ou nada incomodou. A exceção foi uma saída em falso de Bruno Varela na reta final da primeira parte, mas que rapidamente foi sanada pela defesa. O Vitória foi corajoso e competente em todos os setores e deixou os encarnados sem soluções para incomodar o guarda-redes vitoriano.

O Benfica entrou melhor no segundo tempo e obrigou Moreno Teixeira a refrescar o onze, colocando Safira e Rúben Lameiras nas vagas de Anderson e Jota Silva. Pelo meio, André André foi derrubado dentro da grande área, mas Rui Costa nada assinalou e não recebeu indicações do VAR.

O mesmo não aconteceu quando o árbitro assinalou grande penalidade, após lance disputado entre Vlachodimos e Safira. Contudo, por indicação do videoárbitro, o juiz portuense foi ver as imagens e reverteu a decisão.

Insatisfeitos com o empate, os dois treinadores voltaram a socorrer-se do banco de suplentes com o intuito de desfazer o nulo. Porém, apesar da intensidade colocada em campo pelas segundas opções, as duas equipas não conseguiram encontrar o caminho da baliza.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?