VITÓRIA PODE JOGAR À PORTA FECHADA

 

O Vitória Sport Clube arrisca jogar à porta fechada, devido ao alegado mau comportamento dos adeptos. A informação consta do relatório divulgado esta quinta-feira, dia 13 de setembro, pelo Conselho de Disciplina sobre o estado dos processos por decidir. Na mesma situação do emblema vitoriano está o SL Benfica, o Vitória FC e o CD Feirense.

O Vitória responde por dois processos relativos à temporada passada. No jogo com o Benfica de novembro de 2017, os adeptos dos vimaranenses são acusados de atos racistas. Segundo o artigo 113 do Regulamento Disciplinar 2017/18, a pena para “os clubes que promovam, consintam ou tolerem a exibição de faixas, o cântico de slogans racistas ou, em geral, com quaisquer comportamentos que atentem contra a dignidade humana em função da raça, língua, religião ou origem étnica serão punidos com a sanção de realização de jogos à porta fechada a fixar entre o mínimo de um e o máximo de três jogos”.

A infração de agressões sem reflexos no jogo, imputada ao Vitória no jogo com o FC Porto de 12 de maio deste ano, é também, no pior cenário, penalizada com pena de um a três jogos à porta fechada.

Neste momento, a Comissão de Instrutores (CI) da Liga tem em mãos cinco processos disciplinares relativos a alegadas infrações cometidas por seguidores. Todos eles estão ainda sob investigação e o entendimento quer da CI quer, depois do CD, pode ser diferente. Mas foram abertos por suspeitas de infrações que são todas puníveis com jogos à porta fechada.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?