Vitrus distribuiu 60 toneladas de lenha para aquecer escolas do concelho

A Vitrus distribuiu gratuitamente, durante o ano de 2022, cerca de 60 toneladas de lenha pelas escolas básicas do concelho de Guimarães que dispõem do sistema de caldeira a lenha para aquecimento central dos edifícios.

© Direitos Reservados

O processo de recolha, preparação e entrega da lenha foi inteiramente assumido pelos serviços da VITRUS, rentabilizando, assim, os recursos disponíveis. A lenha resultou da limpeza de caminhos públicos ou da recolha de árvores caídas e troncos das podas. Depois foi devidamente cortada e acondicionada para a entrega nas escolas, numa iniciativa que visa, explica o Vitrus, “rentabilizar os recursos disponíveis, reduzir o desperdício e proteger o ambiente da desflorestação”.

O administrador executivo da Vitrus, João Pedro Castro, destaca a “responsabilidade social e ambiental da empresa” nesta colaboração com as escolas de Guimarães. “Este é um processo de continuidade que reforçamos ao longo dos últimos anos, reaproveitando a matéria recolhida, promovendo a economia circular como um exemplo dos recursos naturais que podem ser úteis para a comunidade, e assim contribuir para o bem-estar das nossas crianças nesta relação que mantemos com as escolas do concelho e que necessitam de lenha para aquecer os seus estabelecimentos”, referiu.

O processo da entrega de lenha nas escolas pela Vitrus decorre ao longo do ano, sendo mais solicitado no período de inverno. No último ano, foram entregues 60 toneladas de lenha que correspondem a 2.023 sacos.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?