Volta a haver visitas nos hospitais

As visitas aos doentes internados em hospitais restringidas pela Direção Geral da Saúde (DGS) desde março, por causa da pandemia, vão voltar a ser possíveis.

Numa orientação publicada na quinta-feira, dia 17, a Direção Geral da Saúde considera que os conselhos de administração dos hospitais, Centros Hospitalares e Unidades Locais de Saúde devem adaptar o Regulamento de Visitas em conformidade, podendo, em situações excecionais, permitir visitas a doentes covid-19, desde que “reduzidas ao mínimo, quer no número, periodicidade e tempo de visita” e sempre com as medidas de proteção devidas.

O número de visitantes por utente não covid-19 internado é, salvo exceções, de uma pessoa por dia, por um período de 30 minutos, sendo, preferencialmente, sempre o mesmo visitante.

A DGS acrescenta que os hospitais devem organizar as visitas garantindo o desfasamento de horários (por marcação), nomeadamente a doentes internados em quartos comuns. Nestes casos, quando doente está acamado, só é permitida a presença de um visitante de cada vez.

Na organização das visitas, devem ser respeitados o distanciamento físico entre visitante, utente e profissionais de saúde, a etiqueta respiratória, a utilização correta de máscara cirúrgica e a higienização frequente das mãos.

Por outro lado, segundo a orientação da DGS, as visitas não podem permanecer no quarto ou enfermaria “durante a realização de procedimentos geradores de aerossóis ou durante a colheita de amostras respiratórias”, não devem utilizar as casas de banho dos utentes internados, não devem interagir com outros doentes ou visitantes e não podem entregar qualquer objeto pessoal, géneros alimentares ou outros produtos ao utente internado sem autorização prévia.

No caso de desenvolverem sintomas sugestivos de covid-19, nas 48 horas após a visita, ou de testarem positivo para covid-19, devem informar o serviço ou unidade de saúde.

Às unidades de saúde cabe definir circuitos sinalizados, para visitantes e acompanhantes e instalações sanitárias diferenciadas

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?