Alteração dos quadros competitivos da AF Braga gera subida de equipas de Guimarães

© Direitos Reservados

A Direção da Associação de Futebol de Braga (AF Braga) reuniu esta tarde com a presença do Presidente da Mesa da Assembleia Geral, Dr Alves Pinto, tendo tomado “decisões importantes respeitando os interesses do Futebol Distrital”, escreve a AF Braga em comunicado.

A Associação anuncia que os quadros competitivos de futebol 11 serão alterados para a Época 2020/21.  No Escalão de Seniores as provas serão compostas da seguinte forma: A Divisão ProNacional será composta por 24 equipas; a Divisão de Honra será composta por 36 equipas e a 1ª Divisão será composta pelo número de equipas que nela se inscreverem.

Com estas medidas, o Ponte e o Sandinenses foram promovidos ao Pró Nacional. Também o Desportivo de Ronfe poderá ser promovido, caso o Brito suba ao Campeonato de Portugal.

Nos Escalões de Formação – Juniores, Juvenis e Iniciados – serão compostas da seguinte forma: a Divisão de Honra será composta por 20 equipas; a 1ª Divisão será composta por 32 equipas e a 2ª Divisão será composta pelo número de equipas que nela se inscreverem.

Assim, as subidas da 1.ª Divisão à Divisão de Honra também contemplam clubes de Guimarães. O Gonça, líder da série C, foi promovido de escalão, assim com o Pevidém B e o Campelos, que se encontravam no 3.º lugar das séries D e C, respectivamente.

Na Época 2019/20, mantém-se a não atribuição de títulos de Campeões, não havendo lugar a qualquer despromoção em nenhuma prova. Mas, tendo em conta o mérito desportivo, haverá lugar a promoções por forma a compor as provas como acima indicado.  

Igualmente, a Direção da AF Braga aprovou medidas excepcionais para, na Época 2020/21, haver uma redução de custos inerentes à participação dos Clubes nas provas oficiais distritais cujos critérios serão oportunamente definidos.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?