Amaro e Almeida para segurar

Foto VSC

Decisivos no triunfo diante o vizinho Moreirense, por 2-0, na última jornada da Liga, André Amaro e André Almeida, criados na academia vitoriana, são dois ativos para segurar e continuar a valorizar. Ambos têm contrato com o clube, mas é pretensão da SAD segurar o duo por mais tempo.

O jovem André Amaro, de 18 anos, descoberto nos juvenis da Académica, tem sido uma agradável surpresa no centro da defesa. Lançado no principal escalão por João Henriques, o polivalente jogador, que também pode jogar na posição seis, é já uma certeza para o futuro. Com contrato válido até 2023 e uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros, André Amaro é já um ativo que se afirmou no castelo. A proposta para estender o seu vínculo será apresentada brevemente.

Quanto a André Almeida, no clube desde os afonsinhos, o médio tem contrato válido até junho de 2022 e uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros. A continuidade por mais anos também é uma pretensão da SAD.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?