Apesar do “misto de sensações” o regresso à escola é “fundamental”, diz Adelina Paula Pinto

À margem da inauguração da requalificação da EB1/JI de Casais em Brito, que decorreu esta semana, a vereadora da educação, e também responsável pela área da saúde no município, Adelina Paula Pinto, disse ter um “misto de sensações” relativamente ao regresso dos alunos às escolas na próxima segunda-feira, dia 10 de janeiro.

© Cláudia Crespo / Mais Guimarães

E justificou referindo que, se por um lado, é “fundamental” o regresso dos alunos ao ensino presencial, “as crianças precisam regressar à escola”, por outro “vamos ter alguns problemas nestas primeiras semanas, porque os números são obviamente muito elevados e vamos ter casos positivos”.

Mas, acrescenta a vereadora, “já tivemos todo o período do ano passado com as escolas a funcionar a meio termo”, e isso deu experiência à comunidade escolar para lidar com estas situações. Nas escolas “está tudo organizado para reduzir o risco”, assegurou Adelina Paula Pinto.

A vereadora considera também que “com as crianças vacinadas em grande número no concelho e os professores e o pessoal não docente com o reforço da vacinação, é a melhor solução”.

Aos jornalistas anunciou que os professores e pessoal não docente terão o reforço de vacinação “nas próximas duas semanas, entre o dia 10 e o dia 21 de janeiro”.

Recorde-se que, a partir de segunda-feira, dia 10, se as crianças tiverem contactos com casos positivos nas escolas, não entram em isolamento, e passam a realizar teste ao terceiro dia.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?