AUTARQUIA QUER 24 DE JUNHO “MAIS ABRANGENTE” E COM A PRESENÇA DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Ambição foi avançada em reunião municipal. Só faltará ajustar o horário com Marcelo Rebelo de Sousa, que estará “disponível para vir a Guimarães”.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, poderá marcar presença em Guimarães, a 24 de junho, dia de feriado municipal, no qual se celebra a Batalha de São Mamede, travada em Guimarães em 1128. A ambição foi revelada em reunião municipal por Domingos Bragança, a propósito da aprovação das normas de participação no evento. “Pretendemos celebrar o momento. Estão a tentar conjugar com a presença do Presidente da República. Queremos que este momento celebrativo seja mais abrangente”, avançou.

A ambição foi reiterada pela vereadora da cultura, Adelina Paula Pinto, que adiantou que Marcelo Rebelo de Sousa estará “disponível para vir”. “Falta ajustar a  hora. Queremos fazer com 24 de junho seja um momento de auge, com o Presidente da República. Queremos muito trabalhar esse 24 de junho de melhor forma. Queremos que seja um evento mais participado”, admitiu.

Regresso ao Centro Histórico “sem a habitual densidade”

Este ano, celebra-se a história dos 10 anos do evento, o que levou a autarquia a retomar na edição deste ano áreas de outras edições e reforça algumas já habituais, estendendo a Feira, novamente, ao Centro Histórico.  Para o vereador do PSD, Ricardo Araújo, a Feira Afonsina “volta ao sítio de onde nunca deveria ter saído”. “É de registar, com agrado, que o Partido Socialista veio dar razão à Coligação Juntos por Guimarães, que desde o ano passado criticou a deslocalização da realização da Feira Afonsina”, acrescentou.

Adelina Paula Pinto não considera que a última edição tenha sido um erro e reforçou que anualmente são realizadas avaliações às edições e há sempre necessidade de apresentar melhorias. “Não somos favoráveis à cristalização. Sei que houve críticas, ouvimos as pessoas e falamos com as pessoas. No ano passado, foi o ano onde o centro histórico teve mais animação, porém, fruto da celebração dos 10 anos e do alargamento que queremos fazer, vamos acrescentar o Centro Histórico. No ano passado, retiramos apenas a intervenção direta”, admitiu.  Este ano, o regresso ao Centro Histórico acontecerá “sem a habitual densidade”.

“A Mulher na Idade Média” é o tema definido para a edição de 2020, numa edição que não terá apenas um grande espetáculo, mas sim vários espetáculos distintos, com diferentes simbologias, em alusão à figura da dona Teresa, ou da dona Mafalda, adiantou a vereadora.

 A Feira Afonsina integra o programa alargado Afonsina 2020 que inclui ainda as Jornadas Históricas, Comemorações do 24 de junho e Corrida dos Conquistadores, e que visa a Celebração da Data Fundadora da Nacionalidade. 

 As inscrições/candidaturas para os interessados em participar na 10ª edição da Feira Afonsina estão abertas e é impreterível a entrega até ao dia 6 de abril (Associações e Privados) e 4 de maio (Normas Bares e Restaurante Locais), por correio, para o e-mail: feira.afonsina@cm-guimaraes.pt ou entregue em mão, instruída com todos os documentos constantes nas normas de participação.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?