Autarquia vai distribuir máscaras em transportes públicos, espaços comerciais e escolas

Para um regresso que se quer gradual e com restrições, a Câmara Municipal está a preparar a distribuição de máscaras de proteção.

A autarquia vai adquirir, numa primeira fase, um total de 200 mil máscaras sociais certificadas e reutilizáveis que serão distribuídas pelo território concelhio em maio, altura que se prevê o início de um regresso gradual e com restrições à normalidade.  A oferta do material de proteção será feita em articulação com as Juntas de Freguesia, por todos os estabelecimentos de comércio do concelho vimaranense.

As máscaras serão distribuídas em três locais:  transportes públicos, estabelecimentos comerciais e escolas. No caso dos estabelecimentos de ensino, a preocupação está relacionada com os alunos do 11º e 12º anos, que em maio poderão regressar à escola.

O anúncio foi feito pelo presidente do município, Domingos Bragança, em reunião de câmara, esta segunda-feira. “Já dei instruções para se fazerem encomendas de centenas de milhares de máscaras para se distribuírem em primeira mão e preparar o regresso em maio”, informou.

O objetivo será também elaborar uma brochura sobre “o bom uso da máscara”. “Disponibilizaremos também um folheto, contendo as instruções para a lavagem das máscaras e sua posterior reutilização”, anunciou. Será ainda disponibilizado desinfetante na entrada dos autocarros e dos espaços comerciais. Para o autarca, é importante que os vimaranenses saibam que “a saída à rua tem um preço, que vai passar pela utilização da mascara”.

No final da reunião, a vice-presidente da autarquia, Adelina Paula Pinto explicou que o que se pretende é “disponibilizar máscaras certificadas e reutilizáveis, até por questões ambientais e da economia circular”.

Recorde-se que o Município de Guimarães tem já distribuído diverso material profilático, designadamente, luvas, máscaras, batas, óculos, toucas, aventais e material de desinfeção a várias instituições do concelho, como é exemplo o Hospital Senhora da Oliveira, Unidades de Saúde, Bombeiros Voluntários, Cruz Vermelha, Lares de Idosos, Juntas de Freguesia, entre outras IPSS, em resposta ao quadro de pandemia da COVID-19, e em consonância com o Plano de Contingência Municipal de Guimarães.

*Notícia atualizada às 14h46 do dia 21/04/2020 com mais informações relativas ao número de máscas

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?