BLOCO DE ESQUERDA VISITOU O CENTRO SOCIAL DE BRITO

Uma delegação da Coordenadora Concelhia de Guimarães visitou, na passada sexta-feira, o Centro Social de Brito, com o objetivo de analisar os desafios da atividade da instituição, bem como em encontrar soluções para os problemas identificados, contribuindo assim para a melhoria da qualidade de vida dos utentes.

No encontro, o Presidente da Instituição, José de Castro Dias, apontou as enormes dificuldades que o Governo PSD/CDS colocou à instituição no período de 2011 a 2015. De acordo com a informação recolhida “durante aquele período, quer o Ministro da Segurança Social, Pedro Mota Soares, quer o Diretor do Centro Regional da Segurança Social de Braga, Rui Barreira, colocaram enormes constrangimentos à atividade da instituição, pela não celebração de acordos, referindo como motivo repressões financeiras, ao mesmo tempo que faziam acordos com outras instituições do concelho ligadas à Igreja”.  José de Castro Dias salientou ainda que, após as eleições de outubro de 2015 e a tomada de posse do Ministro José Vieira da Silva, a instituição já conseguiu mais acordos com a segurança social que lhe permitem a maximização dos espaços disponíveis atualmente.

O Bloco de Esquerda disse não compreender a posição da Segurança Social e lamentou a falta de sensibilidade social do anterior Ministro, bem como a incapacidade do Diretor da Segurança Social de Braga Rui Barreira, em fazer a gestão dos apoios públicos às IPSS de uma forma imparcial, clara e honesta.
Neste momento o partido diz ver com grande satisfação a aquisição do Lar do Paraíso por parte do Centro Social de Brito. O projeto, no valor de 2,7 M€, permitirá criar 60 postos de trabalho. Em janeiro, já está previsto a abertura do lar de idosos para 60 utentes. Em agosto, a instituição começará a prestar serviços de lar para 60 pessoas com deficiência e abrirá vagas para 30 utentes no Centro de Atividades Ocupacionais.
O Centro Social de Brito é uma IPSS com mais de 18 anos e, atualmente, conta com cerca de 150 funcionários/as que prestam serviços a 700 utentes de várias freguesias, nas áreas do jardim-de-infância, ATL, lar de idosos e centro de dia.

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?