Bruno Fernandes: “PS e CDU não gostam de Pevidém”

A coligação Juntos por Guimarães (JpG) emitiu um comunicado na sequência da realização da Assembleia de Freguesia ocorrida esta segunda-feira, 20 de dezembro, na qual, “mais uma vez, o Partido Socialista e a CDU inviabilizaram a constituição dos órgãos autárquicos da vila de Pevidém (executivo da junta de freguesia e mesa da assembleia)”.

© Cláudia Crespo / Mais Guimarães

Contactado pelo Mais Guimarães, António Ribeiro, presidente da junta de freguesia de Selho São Jorge diz que, em primeiro lugar, quer falar aos pevidenses, emitindo um comunicado até ao final da semana. Mostrou-se “triste” e diz que “ninguém está preocupado com Pevidém”.

Em nota enviada às redações, a coligação JpG condena “a postura de deita a baixo assumida pelos dois partidos que não venceram as eleições e que querem agora governar sem a legitimidade conferida pelo povo” e mostra “disponibilidade para se encontrar um entendimento” que permita “dar estabilidade aos órgãos autárquicos”.

Bruno Fernandes lamenta ainda que, “apesar da total abertura e das inúmeras reuniões tidas com os representantes destes partidos, fossem sempre colocadas pedras no caminho que impediram encontrar uma plataforma de entendimento justa e que respeitasse a vontade que os pevidenses demonstraram nas urnas”.

A coligação Jpg acredita, então, que “a vontade do Partido Socialista e da CDU não era ajudar a construir uma solução boa para Pevidém, mas sim uma boa solução para cada um dos dois partidos”, adiantam. Terminam dizendo que, “apesar desta situação afetar o normal funcionamento da junta de freguesia, colocando mesmo em causa as atividades, os apoios às coletividades, bem como os investimentos previstos, a Coligação continuará a realizar o seu trabalho, de proximidade e atenção aos problemas dos pevidenses”.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?