Câmara suporta subida da taxa dos resíduos

A Câmara Municipal de Guimarães mantém a taxa de gestão de resíduos em 2021, apesar dos aumentos aplicados pelo Governo. Com esta decisão, a Câmara de Guimarães assume a expensas próprias o diferencial dos valores, superior a meio milhão de euros, considerando que a situação de pandemia provocou uma substancial degradação da situação económica de muitas famílias e da generalidade das empresas, daí esta aplicação como mais uma medida de apoio municipal. 

É de recordar que o Governo introduziu aumentos na TGR (Taxa de Gestão de Resíduos), que passou de 11 euros a tonelada para 22 euros a tonelada. No entanto, a autarquia vimaranense entende que, no atual contexto de pandemia, o utilizador não deve ser penalizado pelo aumento de taxas e vai manter o Tarifário de Resíduos Urbanos para 2021.


Segundo Domingos Bragança, “o Município de Guimarães está atento às dificuldades das pessoas e das empresas e, por isso, assumiu os aumentos dos encargos na taxa da gestão de resíduos no âmbito de um quadro de medidas que têm sido implementadas, essencialmente de âmbito de social e de apoio às famílias vimaranenses”, pode ler-se em nota enviada às redações.

Este aumento da TGR anunciado pelo Governo visa contribuir para desencorajar as opções de deposição final em aterro, ao mesmo tempo que incentiva a redução da produção de resíduos e a separação e reciclagem de materiais

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?