CAMPEONATO DE PORTUGAL DE RALIS ABRE EM FAFE

O Rally Serras de Fafe volta a abrir o Campeonato de Portugal de Ralis. A prova fafense disputa-se pela 31ª vez hoje e amanhã (sábado e domingo, dias 17 e 18  de fevereiro). A prova conta igualmente para o Troféu Europeu de Ralis, Troféu Ibérico de Ralis, Taça FPAK de Ralis e Campeonato Ralis Norte

Paulo Meireles/ Marcos Gonçalves terão que provar a competitividade do Hyundai I20 R5

Há 31 anos atrás, na primeira edição, o Rally Serras de Fafe inovou por dar oportunidade às equipas de treinarem as classificativas com os troços fechados ao trânsito, simulando, de forma mais fiel, as condições da corrida. Esta vantagem ainda hoje se mantém. Para o efeito os troços foram fechados no sábado, dia 10, e  na quinta-feira, dia 15.
A prova, este ano, opta por um figurino mais concentrado, mas nem por isso menos espetacular, que vai permitir ao Demoporto, clube que organiza a prova, ir de encontro aos pedidos que os pilotos fizeram em anos anteriores. Menos quilómetros de ligação, uma prova mais curta, mas o espetáculo de sempre são as sílabas tónicas para a edição que vai para estrada hoje (sábado,dia 17 de fevereiro).
O coração do Rally Serras de Fafe vai ser na Praça das Comunidades (Largo da Feira), local onde vão ser dadas as partidas e onde será montado o parque de assistência. A cerimónia de chegada vai ter lugar na praça 25 de Abril, no domingo, dia 18 de fevereiro.
A partida está marcada para  as 15h00 de sábado. A prova começa com passagens duplas por Lameirinha e Luílhas. De volta ao centro da cidade, à noite. Às 21h30 arranca a primeira passagem pela superespecial, Fafe Street Stage,  onde os concorrentes vão fazer duas passagens num percurso urbano com 1.680 metros. Esta etapa urbana noturna foi uma inovação em 2017, recebida com entusiasmo pelo público. A organização prevê uma afluência muito elevada, este ano, pelo que recomenda que as pessoas cheguem cedo para encontrarem locais seguros para ver a prova.

Na lista de inscritos conta com 103 carros, divididos entre 50 inscritos no Campeonato Nacional, 14 na Taça FPAK e 68 no Campeonato Regional Norte. Presentes na prova fafense, que abre o Campeonato Nacional, estão vários pilotos estrangeiros. O piloto de Guimarães Pedro Meireles, campeão nacional em 2014, começou aqui a vencer, na edição de 2017 do Campeonato de Portugal de Ralis, fazendo dupla com Mário Castro, no Skoda Fábia R5.

Este ano o piloto de Guimarães está novamente entre o lote de favoritos à vitória, a par com Ricardo Moura, Carlos Vieira, José Pedro Fontes  e o regressado Armindo Araújo. Pedro Meireles (Skoda Fabia R5, nº 2), sempre candidato ao título nacional poderá gerir o andamento, num rali que se espera que tenha muita lama. Isso dará algum favoritismo ao açoriano Ricardo Moura, sempre muito competitivo na terra, e que não faz contas para o campeonato, e, por isso, poderá jogar tudo ao ataque.

Vale a pena estar atento à prestação das outras duplas vimaranenses: Paulo Meireles/Marcops Gonçalves, Hyundai I20 R5 (nº 22) e Manuel Castro/Luís Costa ,Hyundai I20 R5 (nº33). A que se junta o navegador de Guimarães, Jorge Henriques, fazendo dupla com o piloto João Barros, num Ford Fiesta R5 (nº 4), também eles sempre sérios candidatos ao pódio, no domingo, às 13h30, na praça 25 de Abril.

A prova tem ainda o atrativo ser o primeiro grande teste à competitividade dos Hyundai, nas mãos de pilotos com provas dadas. Carlos Vieira já deu provas que é capaz de vencer na terra, e Armindo Araújo tem um currículo que fala por si, e não quererá ficar fora da discussão pela vitória.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?