CarClasse
CarClasse
Cantarinha dos Namorados obteve certificação nacional de produções artesanais

A Cantarinha dos Namorados de Guimarães, peça tradicional de olaria da cidade berço, foi certificada e incluída no Registo Nacional de Produções Artesanais Tradicionais Certificadas.

© Direitos Reservados

De acordo com um despacho publicado esta terça-feira, dia 12 de março, no Diário da República, foi “aprovada a inclusão da produção tradicional Cantarinha dos Namorados de Guimarães no Registo Nacional de Produções Artesanais Tradicionais Certificadas, sendo titular do registo, enquanto entidade promotora, a Oficina – Centro de Artes e Mesteres Tradicionais de Guimarães C.I.P.R.L.”

Sendo um “objeto contador de histórias”, a Cantarinha dos Namorados “é reconhecida pela sua forma, associada a um ato simbólico que pertence ao domínio da troca de sentimentos afetivos entre as pessoas”, pode ler-se no mesmo documento.

Trata-se de uma peça de olaria “cuja perpetuação foi garantida por incontáveis gerações de oleiros ao longo de, pelo menos, quinhentos anos, sendo por isso testemunha de toda a história da olaria de Guimarães”, acrescenta o despacho.

Em anexo, o Diário da República explicita ainda que a Cantarinha dos Namorados “reproduz a forma de um cântaro de água e é composta por quatro peças: cântara; prato; púcara e tampa, produzidas em barro vermelho por recurso à roda de oleiro e decoradas com pó de mica que incorpora motivos florais feitos de barro em relevo, ou por marcação em baixo-relevo de elementos de cariz geométrico. A etiquetagem destacará cada peça inovadora, diferenciando-se, assim, da Cantarinha dos Namorados de Guimarães tradicional. O consumidor ficará claramente informado se está perante uma cantarinha tradicional ou uma peça contemporânea, indo de encontro, igualmente, ao conhecimento da sua origem histórica e simbólica.”

As unidades produtivas da Cantarinha dos Namorados localizam-se nas freguesias de Oliveira do Castelo, Fermentões, Brito e Lordelo. Daí que se considere todo o concelho como “área de produção da Cantarinha dos Namorados de Guimarães e como limite territorial da indicação geográfica (IG) a registar, na perspetiva de que a sua certificação ajudará a formar novas unidades produtivas em todo o território vimaranense”, finaliza o despacho.

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES