Carlos Monteiro: “Surpreendido com o abraço e o cartão branco”

Carlos Monteiro, treinador dos guarda-redes do Calvos, foi admoestado com o cartão branco (fair-play), no final do jogo com o GDC Serafão, em partida da quinta jornada da Taça da Federação, organizada pela Federação de Futebol Popular do Norte.

“A equipa de arbitragem estava nervosa, mas fui conversar com eles e disse-lhes que não teriam problemas. Mesmo prejudicados em dois lances para grande penalidade, sempre tiveram o meu apoio. No final do jogo, confesso que fiquei surpreendido pelo abraço do árbitro assistente e pelo cartão branco do árbitro principal”, adiantou, ao Mais Guimarães.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?