Casa do Castanheiro recebeu Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira

Sessão contou com a presença da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira.

© Direitos Reservados

O Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira 2021 foi atribuído à Casa no Castanheiro, do Arquiteto João Mendes Ribeiro, numa sessão que decorreu na passada sexta-feira, no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães.

O PNAM – Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira tem como objetivo incentivar e promover a fileira florestal portuguesa através da inovação, valorização, promoção e utilização da madeira e seus derivados em edificações.

A sessão contou com a presença da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, que destacou a “magnitude das obras” apresentadas e apontou o “incentivo para o elevado potencial humano e cultural” na área da arquitetura. A vice-presidente da Câmara de Guimarães, Adelina Pinto, sublinhou ainda que “estes eventos são fundamentais para a promoção da cidade de Guimarães”, numa alusão ao prémio bienal, organizado pela AIMMP – Associação das Indústrias da Madeira e Mobiliário de Portugal com a parceria e apoio da Ordem dos Arquitetos (OA) e da Confederação Portuguesa da Construção e Imobiliário (CPCI) e de um conjunto de Patrocinadores e Apoios que em cada edição apoiam esta iniciativa. 

Nesta edição decorreu ainda a homenagem ao arquiteto Fernando Távora em memória do seu legado, com especial influência na arquitetura.  Fernando Távora dedicou-se ao ensino e à formação de novos arquitetos durante mais de 40 anos e as suas obras mais importantes foram realizadas na cidade de Guimarães, com destaque a reabilitação do Centro Histórico de Guimarães no processo de classificação como Património Mundial (Prémio Real Fundación de Toledo), o restauro da Casa da Rua Nova (com o qual conquistou o Prémio Europa Nostra),  o Bairro da Santa Catarina (Creixomil), o edifício da Assembleia de Guimarães, a recuperação da Pousada de Santa Marinha da Costa, o Plano Geral de Urbanização de Guimarães ou o restauro e reabilitação da sua Casa da Covilhã (em Fermentões) assim como o edifício da PSP e o edifício da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Minho (na cidade de Guimarães).

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?