Chega ao fim o prazo para limpar terrenos. GNR começa fiscalização esta sexta-feira

Em caso de incumprimento, os proprietários ficam sujeitos a contraordenações, com coimas entre 280 e 120 mil euros.

© Direitos Reservados

O prazo para a limpeza de terrenos florestais termina esta quinta-feira, após ter sido prorrogado devido ao surto de covid-19.

Em caso de incumprimento, os proprietários ficam sujeitos a contraordenações, com coimas entre 280 e 120 mil euros.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) começa, a partir de sexta-feira, a fase de fiscalização dos trabalhos de limpeza da floresta, contabilizando já a “identificação de 23.968 situações em incumprimento”.

Em declarações à agência Lusa, a GNR indicou que os incumprimentos identificados na limpeza da floresta resultam de “um extenso plano de monitorização/sensibilização das 1114 freguesias prioritárias” devido ao risco elevado de incêndio.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?