CIM do Ave: Serviços mínimos de transporte vão manter-se

A CIM do Ave revela, em comunicado, que a rede gratuita de transporte público, em vigor desde 14 de abril, irá manter-se no período de desconfinamento. Ainda assim, esta poderá ser ajustada semanalmente e, além disso, no final do mês de maio será revista.

Esta rede gratuita de transporte público é constituída por 18 linhas de transporte, 121 circulações diárias e um total de 2830 Km diários e surge depois de a Autoridade de Transporte da CIM do Ave, em concertação com os Municípios e operadores de transportes, ter identificado “as necessidades de mobilidade na região, tendo em conta a procura registada até à data, no âmbito de um período excecional devido à pandemia Covid-19”.

Este plano de transportes foi desenvolvido pela Comunidade Intermunicipal do Ave, enquanto Autoridade de Transporte, em articulação com os oito Municípios que a constituem – Cabeceiras de Basto, Fafe, Guimarães, Mondim de Basto, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Vila Nova de Famalicão e Vizela.

A CIM garante que “foram acauteladas medidas de restrição ao reduzir o número máximo de passageiros para dois terços da lotação do veículo, de forma a garantir o distanciamento social necessário e a segurança do posto do motorista”. Dentro do veículo, é obrigatório o uso de máscara e/ou viseira, bem como respeitar todas as medidas adicionais que forem adotadas. Outra medida passa pela limpeza e desinfeção dos veículos, tendo por base as diretrizes do Governo e das Autoridades de Saúde, garante a CIM do Ave.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?