Costa: “A pandemia não passou”

Primeiro-ministro pede “cautela” aos portugueses nesta fase do desconfinamento, depois das imagens de ontem terem mostrado esplanadas cheias de pessoas, um pouco por todo o País.

“A pandemia não passou”, afirmou o primeiro ministro esta terça-feira ao final da manhã António Costa, pedindo contenção às pessoas nas esplanadas, “Que possamos viver este momento de reabertura com todas as cautelas”, acrescentou um dia depois da segunda fase de desconfinamento.

António Costa fez um apelo aos portugueses que “estão a aproveitar a reabertura de várias atividades”, como as esplanadas: “É muito bom que o possam fazer, mas é muito bom que o possamos continuar a fazer”, disse. É, por isso, “essencial que possamos viver este momento de reabertura com todas as cautelas”.

“A pandemia não passou, o vírus continua a estar aí”, advertiu Costa, lembrando que hoje a variante predominante é a britânica, que se caracteriza pela enorme transmissibilidade.

Concelhos de maior risco

Sobre a possibilidade de travar o plano de desconfinamento nos concelhos de maior risco, António Costa considera que “a avaliação deve ser feita todos os dias. Se a comunidade verificar que o seu concelho está a ter uma evolução no sentido negativo isto requer especial cuidados”.

O primeiro-ministro alerta que “se os cuidados não produzirem os efeitos que todos nós desejamos, obviamente aí vamos ter de tomar as medidas que não desejamos tomar”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?