COVID-19: PSD SUGERE CRIAÇÃO DE GABINETE DE CRISE INTERMUNICIPAL

O presidente do PSD, Bruno Fernandes, terá sugerido a medida em conversa telefónica com o presidente da Câmara, Domingos Bragança. Os sociais democratas recordam que, nesta altura, as divergências políticas ficam para segundo plano”.

Em comunicado, o PSD de Guimarães revela que sugeriu esta segunda-feira ao presidente da Câmara, Domingos Bragança, que, face às previsíveis consequências da pandemia na economia do concelho, seja criado, no âmbito da CIM do Ave, um Gabinete de Crise Intermunicipal.

“Se é verdade que a principal preocupação neste momento se foca na saúde dos vimaranenses e por esse motivo estamos totalmente solidários com as medidas adotadas pela autarquia, preocupa-nos muito as consequências deste problema no sector produtivo e no turismo de Guimarães” refere Bruno Fernandes, presidente do PSD, no mesmo comunicado.

No documento pode ainda ler-se que “a indústria têxtil e o calçado, bem como o turismo, sofrerão graves consequências, com impacto fortíssimo ao nível social. Sendo um problema nacional, ele terá maior impacto no vale do Ave, pelo que as estratégias a serem equacionadas não se devem limitar ao interesse de cada concelho”. Nesse sentido, o partido considera que o momento “justifica uma concertação supra-municipal”.

“Momento de união, com as divergências políticas em segundo plano”

De acordo o PSD, Bruno Fernandes terá sugerido a criação do gabinete numa conversa telefónica com o presidente da Câmara, onde referiu “que o PSD estará sempre de acordo com o reforço de medidas que limitem ao mínimo indispensável os contactos sociais”. “Só desta forma poderemos interromper a cadeia de transmissão, eliminando o aumento galopante de infetados”. Bruno Fernandes transmitiu igualmente “preocupação com a capacidade de resposta do Hospital Senhora da Oliveira”, sugerindo que sejam criadas “respostas de retaguarda, preparando equipamentos do município para receber infetados, caso se justifique. Preocupação esta que a autarquia já equacionou”, escreve o PSD.

O PSD local garante ainda que “este é um momento de união concelhia e nacional” e que, por isso, “as divergências políticas ficam para segundo plano”. “Reforçamos a nossa solidariedade com as medidas tomadas e a tomar pela autarquia, estando o PSD totalmente disponível para apoiar o seu reforço”.

O partido termina com “um reconhecimento e incentivo aos profissionais de saúde” e “um apelo aos vimaranenses que cumpram escrupulosamente as recomendações das autoridades”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?