DGS avaliará risco no futebol caso o número de testes positivos seja elevado

Graça Freitas apontou, na conferência de imprensa deste domingo, que “conciliar o retorno da atividade do futebol com regras sanitárias e de segurança” é “uma situação muito complexa”.

© Vitória SC

Depois dos três casos positivos de covid-19 verificados em atletas do Vitória, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, disse este domingo que, caso os testes realizados pelos clubes revelem um número elevado de casos positivos em equipas de futebol, o risco “terá de ser equacionado”.  

Graça Freitas apontou que “conciliar o retorno da atividade do futebol com regras sanitárias e de segurança” é “uma situação muito complexa”. “É difícil definir linhas vermelhas. Se os testes feitos às equipas derem um número elevado de pessoas positivas, terá de ser equacionada pelas autoridades de saúde de nível local, regional e nacional a avaliação do risco em concreto”, acrescentou a diretora-geral da Saúde, na conferência diária sobre a evolução pandemia, que decorreu em Lisboa. De acordo com Graça Freitas, existem medidas preventivas e de testagem “previstas e consensualizadas entre todos”, estando “prevista a intervenção da autoridade de saúde”.

A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou que o Governo continua a trabalhar para o regresso da I Liga de futebol, mantendo-se a “intenção” de “avaliar a possibilidade” para “a retoma das competições no final deste mês”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?