Direção explica questão do equipamento e dos horários de jogos

O Vitória irá apresentar-se em Split, na próxima quinta-feira, novamente com o equipamento alternativo da temporada anterior. “Apesar de todos os esforços feitos por parte desta Direção do Vitória Sport Clube para que todos os equipamentos da temporada 2022-23 chegassem a tempo dos jogos oficiais da equipa, tal não foi possível, tendo sido apenas alcançada uma solução que permitiu a chegada de um número limitado de equipamentos principais, de cor branca”, explicam os responsáveis, em comunicado.

“Para que tal acontecesse, o Vitória Sport Clube teve de despender uma quantia financeira que, conhecida a reformulação vigente, é contraproducente em relação aos passos que estão a ser dados diariamente no ajuste do equilíbrio entre receitas e despesas”, acrescentam.

E prosseguem. “O atraso levado a cabo em 2021 resulta que este problema venha à tona no ano em que o Vitória celebra o seu Centenário, pelo que coube, a esta Direção, resolver um problema que nasceu a montante, mas que desaguou nestes jogos que o Vitória disputa enquanto visitante. Apesar do equipamento ser da época passada, a ambição é a de sempre, e é com ela que vamos disputar, olhos nos olhos, o resultado em Split, de modo a trazer a decisão da eliminatória para a nossa casa, o nosso D. Afonso Henriques”.

Relativamente ao horário do jogo da partida da segunda mão, no D. Afonso Henriques, pelas 17h00, a direção liderada por António Miguel Cardoso garante ser uma requisição expressa da UEFA.

“Um jogo às 17 horas de quarta-feira não é, de todo, o horário ideal, atendendo a todos os constrangimentos que criam na vida dos nossos adeptos, sendo que a marcação do jogo para essa hora resulta de uma requisição expressa da UEFA, em consonância com as forças policiais que, havendo uma outra partida no distrito de Braga, para a mesma competição, na quinta-feira, dia 8, preferiram mudar o jogo do Vitória para quarta-feira. Juntando a obrigatoriedade de o jogo ter de ser disputado na quarta-feira, junta-se a regra de que nenhuma competição se pode sobrepor, a nível horário, com a UEFA Champions League, razão pela qual a receção ao Hajduk Split estar marcada para a referida hora. Uma situação que não agrada a ninguém, mas que tem de ser relutantemente acatada, apesar dos esforços e tentativas de demover a decisão das entidades”

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?