Equipa B do Pevidém punida com derrota

A equipa B do Pevidém foi sancionada com uma derrota por 0-3 na partida disputada com o Santiago Mascotelos, devido à inclusão de um jogador juvenil num jogo de seniores sem o respetivo exame de aptidão médica para o efeito.

A direção liderada por Rui Machado já reagiu em comunicado.

“Convém, desde logo, afirmar que a única motivação pela convocatória do referido juvenil deve-se à vontade da estrutura em premiar o atleta por comportamento exemplar, quer a nível desportivo, quer escolar.

O desconhecimento da lei não justifica a sua inobservância. E nem sequer se trata disso na medida em que os responsáveis sabiam da regra. Mas só não erra quem nada faz e enquanto presidente da direcção, assumo a total responsabilidade.

Contudo, não podemos deixar de lamentar que a aplicação da lei se sobreponha ao seu espírito, o qual reconhecemos não conhecer. Os clubes amadores não têm recursos humanos responsabilizáveis por tais erros. A plataforma informática “score” deveria, no nosso entender, impedir inscrever na ficha técnica um jogador não qualificável para o jogo. Tal impedimento, impediria o livre arbítrio para a ilegalidade e a possibilidade do erro, tão bem consubstanciado no caso em apreço, tendo em conta que o atleta nem sequer foi utilizado e por isso, não ter havido qualquer proveito do prevaricador, nem qualquer influência na verdade desportiva. E pouparia, certamente, o árduo trabalho por parte dos funcionários da AF Braga em verificar cada uma das centenas de fichas de jogo de forma a detetar tais irregularidades. A não haver excesso de brio, é de uma competência merecedora dos mais altos elogios.

O assunto seguiu naturalmente para o nosso departamento jurídico, sempre e apenas no intuito da defesa dos interesses superiores do nosso símbolo.

Finalmente, não poderíamos deixar de agradecer o cuidado e a compreensão com que o Conselho de Disciplina nos honrou, atenuando claramente as sanções aplicáveis, para além da comunicação direta e amistosa utilizada.

Desejamos que este caso sirva para reiterar os nossos princípios e a nossa forma de estar no futebol. Sempre com o foco na vitória, mas com o máximo respeito pelos nossos adversários e pelas instituições que nos regem”

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?