Éramos tão felizes e não sabíamos

Por Eliseu Sampaio.

A cidade está deserta. Guimarães está como nunca a vimos: de alma despida, sem gente, sem abraços calorosos, sem brindes nas tascas e bares do nosso centro histórico.

Somos levados, nestes dias, a olhar uma cidade triste, uma penumbra do que já foi.

Também nós sentimos agora a falta do mais elementar, do contacto livre e desimpedido com aqueles que amamos: de beijos e abraços, e que saudade de estar. Que saudades de estarmos com todos os nossos, familiares e amigos, e de podermos confraternizar como sempre. Éramos mesmo tão felizes e não sabíamos!

Valorizamos agora o mais elementar, provavelmente o que deveríamos antes valorizar mais.

Deixamos de pensar, ainda que seja por instantes, considerando o estarmos confinados às nossas habitações há menos de 03 semanas, que ser uma pessoa bem-sucedida era uma pessoa com uma excelente carreira profissional, com casa e carro topo de gama, com família irrepreensivelmente bem arranjada, com idas mais que frequentes ao cabeleireiro, aos shoppings mais badalados, férias de sonho para preencherem as capas nas redes sociais e filhos com roupas de marca a cumprirem todos os pressupostos para serem cópias fieis dos pais que tiveram.

Agora, recolhidos ao nosso mais curto espaço, com ausência dos filhos, dos pais, dos avós, dos primos, tios… e dos amigos, dos grandes amigos e dos outros, descobrimos o que verdadeiramente importa: O amor e todas as suas manifestações!

A saudade vai-nos apertando o peito. A ânsia de voltar a encontrar os que amamos é muita.

Não sabemos quando o poderemos voltar a fazer em segurança. O raio do vírus é que sabe!

A nós, para aumentarmos a probabilidade de os podermos voltar a encontrar como sempre, resta-nos fazer algo simples: ficar em casa e cumprir todas as precauções. É tão pouco o que nos é pedido, e simultaneamente, tão difícil de concretizar. Difícil pelo papel inerte em que nos coloca.

Cuidem-se. Cuidemos uns dos outros!

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?