Estamos todos a precisar de abraços

Por Eliseu Sampaio.

Já contamos mais de um mês de quarentena, de isolamento nas nossas habitações, com o objetivo de, juntos, evitarmos um aumento exponencial de casos de infetados pela Covid-19.

Há coisas de que sentimos já muita falta. Para quem é um ser marcadamente social este retiro é um tormento! Faltam-nos os abraços, os olhares, os cafés, as conversas prolongadas. Falta-nos o que transformava os nossos dias em espaços de tempo únicos, pelos encontros tantas vezes improváveis e irrepetíveis. Faltam-nos as pessoas, a nossa comunidade, os nossos.

Talvez esta pandemia nos venha ensinar isso: o quanto vale a vida em comunidade. Já descobrimos os vizinhos da frente e do lado, até já sabemos o nome dos filhos e que a neta está grávida, e que o bebé há-de nascer lá para meados de agosto. Coisas que não esqueceremos mais.

É verdade que muitos viviam de costas voltadas para isto, e que manterão essa posição. Mas muitos mais, quero eu acreditar, fruto deste quase desaparecimento do contacto social, encontrarão na falta o ímpeto para quererem estar mais presentes, para se darem mais, para disponibilizarem mais aos outros e à sociedade vimaranense, oferecendo todas as suas qualidades e vocações. Guimarães vai precisar disso, que todos nos unamos para equilibrar as assimetrias que se vão aclarar, para limitarmos o sofrimento dos mais vulneráveis e desprotegidos.

As coisas não estão fáceis, e tenhamos consciência que não ficarão melhores em breve. O regresso a uma “normalidade possível” vai demorar a acontecer e será gradual, muito lenta. O desemprego vai aumentar com o encerramento de um grande número de empresas na nossa região. Estamos num processo de transformação acelerado. Este é o cenário atual, a que devemos juntar ainda a dor daqueles que veem e verão partir algum dos seus entes queridos.

Só a solidariedade e a entreajuda poderão minimizar os efeitos desta pandemia e da crise que se lhe segue. Meus caros, que estejamos à altura do desafio.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?