Faleceu Jorge Sampaio

Faleceu, esta sexta-feira, Jorge Sampaio, antigo Presidente da República e Presidente do Conselho Geral da Fundação Cidade de Guimarães (desde 2009), entidade promotora do programa cultural de Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012.

Jorge Sampaio nasceu em Lisboa, em setembro de 1939, tendo criado desde muito cedo uma relação especial com Guimarães, pelo facto do seu pai, o médico Arnaldo Sampaio, aqui ter nascido e estudado.

Eleito Presidente da República, sucessivamente, em 1996 e em 2001, Jorge Sampaio elegeu Guimarães como cidade anfitriã das Comemorações Nacionais do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a que presidiu.

Foi Presidente do Conselho Geral da Fundação Cidade de Guimarães (desde 2009), entidade promotora do programa cultural de Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012.

Em 2010, foi distinguido, a 24 de junho, recebendo a Medalha da Cidade em Ouro.

Domingos Bragança manifesta profundo pesar pelo falecimento de Jorge Sampaio

Foi com profundo pesar que o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, recebeu a notícia do falecimento de Jorge Sampaio. Neste momento de luto, Domingos Bragança endereça à sua família enlutada as mais sentidas condolências.

“Todo o país está grato por tudo quanto Jorge Sampaio nos deu, sempre com grande serenidade e generosidade. A cidade de Guimarães está-lhe especialmente grata.”

“Todo o país está grato por tudo quanto Jorge Sampaio nos deu, sempre com grande serenidade e generosidade. A cidade de Guimarães está-lhe especialmente grata, pois teve o enorme privilégio de o ter como Presidente do Conselho Geral da Fundação Cidade de Guimarães, cargo que desempenhou com alto sentido de responsabilidade, contribuindo para o sucesso da Capital Europeia da Cultura – Guimarães 2012.

Jorge Sampaio soube, como ninguém, expressar o sentimento de identidade dos Vimaranenses, referindo-se a ele como sendo um Patriotismo de Cidade. Guimarães, que nunca esqueceu a sua generosidade, distinguiu-o, a 24 de junho de 2010, atribuindo-lhe a Medalha da Cidade em Ouro.

O seu longo legado político e de humanismo ficará indelevelmente marcado na história da nossa Democracia e do nosso País”.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?